Iconografia

Numa ambientação é importante ter consciência de que a estética está constantemente interagindo com os moradores ou trabalhadores do local. Tudo o que está inserido em um ambiente, os objetos, cores, artes e toda simbologia (esteja ela expressa de maneira inteligível ou não) exerce influência sobre as pessoas que o utilizam.

Além das imagens emitirem determinadas freqüências que podem ou não ser saudáveis, elas também enviam continuamente mensagens para o nosso inconsciente. Por isso é necessário discernir o quanto elas são coerentes com os nossos desejos e projetos, para que possam compor de maneira coesa o meio em que pretendemos nos desenvolver. Já existem muitas evidências sobre os efeitos que as imagens provocam no ser humano, os quais variam de saudáveis e equilibradores a desagradáveis e perturbadores.

As obras de arte, como pinturas, esculturas, fotografias etc. podem ser ferramentas interessantíssimas se usadas com discernimento, existem muitas obras com valores artísticos imensuráveis, porém nem sempre são as imagens ideais para determinadas pessoas e ocasiões.

Perceba nas fotos ao lado, os diferentes estímulos e sensações gerados por cada obra de arte. Em algumas obras são mais claras as intenções do artista, pois estão expressas nas cores, formas e distribuição espacial, porém mesmo quando não estão manifestadas de maneira objetiva, isso não impede que essas obras incitem no observador sensações e emoções que o afetem.

A noção espacial e estética é fundamental, porém se a isso acrescentarmos símbolos e formas que estimulem nosso desenvolvimento, conseguiremos criar um espaço ainda mais benéfico, pois a salubridade e a harmonia também estão relacionadas às “mensagens” existentes no ambiente, o que aumenta a responsabilidade de todos os artistas e designers atentos a essa nova concepção de espaço como um "princípio ativo" na vida dos seus usuários.

{gallery}stories/iconografia{/gallery}